Um blog que é uma espécie de dicionário do que gosto ou é importante para mim.

origem
31
Ago 10

Lárice-do-japão - árvore de forma cónica, larga. As folhas crescem em grupos de cerca de 40, de cor verde-azulada, com duas faixas brancas na página inferior. Os cones femininos, com brácteas jovens esverdeadas pouco visíveis, tornam-se castanhos ao amadurecer e permanecem na árvore mesmo depois de as sementes terem caído.

publicado por Hirundo às 00:00

30
Ago 10

Chita - animal da família dos felídeos que tem como habitat a savana . O seu corpo é esbelto, musculado e esguio, de aparência delgada e constituição frágil. Tem pelo amarelado, salpicado de pontos negros arredondados e na face tem duas linhas negras, de cada lado do focinho, que descem dos olhos até à boca, formando um trajecto de lágrimas. É um predador que, por ser muito veloz, caça as suas presas através de perseguições a alta velocidade.


 

publicado por Hirundo às 00:00

29
Ago 10

Peixe que vive em águas tropicais e temperadas. Nada verticalmente, agitando rapidamente as suas pequenas barbatanas. Possui uma cabeça alongada e com filamentos, que se assemelha à cabeça e crina de um cavalo. Tal como os camaleões, consegue mexer os olhos individualmente e pode mudar de cor.

publicado por Hirundo às 00:00

28
Ago 10

Sagittarius - constelação do Zodíaco, ou seja, que se encontra próxima dos limites entre os hemisférios celestes Norte e Sul. O centro da nossa galáxia, Via Láctea, encontra-se nesta constelação.

 

publicado por Hirundo às 00:00

27
Ago 10

Ouriço-do-mar - equinóide regular, de corpo esférico, com carapaça de espinhos móveis. Alimenta-se de algas, organismos incrustantes e detritos. Vive em substratos firmes ou rochosos.

 

publicado por Hirundo às 00:00

26
Ago 10

Atum - peixe das regiões tropicais de todos os oceanos, com corpo alongado e boca grande e alongada. Forma cardumes de peixes da mesma idade. É migrador e pode nadar cerca de 170 km por dia. Consegue elevar a temperatura da água, por fazer trocas de calor com a mesma.

publicado por Hirundo às 00:00

25
Ago 10

Feijão-preto - semente do feijoeiro, de cor preta, de textura aveludada e sabor fumado. É muito rico em nutrientes como proteínas, fibras, ferro, cálcio, vitaminas do complexo B, sendo a esse nível um óptimo substituto da carne.

O seu consumo ajuda a baixar o mau colesterol, alivia a prisão de ventre, regula a tensão arterial e ajuda a combater anemias e doenças de pele.

publicado por Hirundo às 00:00

24
Ago 10

Coral - animal cnidário, membro da classe Anthozoa, que constrói um "exoesqueleto", que pode ser de matéria orgânica ou de carbonato de cálcio. Quase todos os antozoários formam colónias, que podem chegar a tamanhos consideráveis (os recifes), mas existem muitas espécies em que os pólipos vivem solitários.


publicado por Hirundo às 00:00

23
Ago 10

Alcaravão - ave limícola com plumagem acastanhada, que se confunde com a paisagem envolvente, tornando-se muito difícil a sua observação. Tem patas amarelas e bico amarelo com a ponta preta. Em voo, podem observar-se as asas, que têm a ponta preta, com um pequeno quadrado branco. Têm um chamamento característico, assobiado, que se pode ouvir a partir do final da tarde. Pode-se observar com maior regularidade no Alentejo e Algarve.

 

publicado por Hirundo às 00:00

22
Ago 10

Amendoeira - árvore de folha caduca, da família Rosaceae. Apesar de o seu fruto não ser comestível, a semente que se encontra dentro deste é a muito apreciada amêndoa, que além de ser comestível, contém óleos e essências com propriedades medicinais.

 

publicado por Hirundo às 00:00

21
Ago 10

Estrela-do-mar - animal marinho, com corpo duro, de textura lisa, granulosa ou com espinhos evidentes. Tem cinco braços, que se dobram quando o animal se desloca. Pode ter um diâmetro entre alguns centímetros a mais de um metro.

Pode reproduzir-se sexuada ou assexuadamente, sendo o segundo método o mais utilizado. Quando um dos braços da estrela-do-mar é cortado pode dar origem a um novo individuo e o espaço ocupado por esse braço é ocupado por um novo, que se regenera.

Para se alimentar, lança o estômago para fora da sua boca, que se localiza na face inferior.

 

 

publicado por Hirundo às 00:00

20
Ago 10

Casuarina - árvore da família das Casuarinaceae, de folha persistente, que pode atingir os 35 metros de altura. É muito resistente à chuva, resistindo inclusive à geada. Adapta-se tanto a solos calcários como salinos, tendo por isso sido utilizada para estabilizar dunas. Dá uma pequena flor fúcsia, cujo pólen pode irritar as vias respiratórias e os olhos. Os seus frutos são pequenos e lenhosos e cada um contém apenas uma semente.

 

 

publicado por Hirundo às 00:00

19
Ago 10

Anémona - animal que vive preso ao substrato marinho e utiliza os seus tentáculos para capturar alimentos. É um cnidário, tal como as alforrecas e os corais e alimenta-se de peixes e crustáceos que captura com a ajuda do veneno altamente tóxico que lhes injecta.

publicado por Hirundo às 00:00

18
Ago 10

Alforreca - Cnidário adulto, que vive nos oceanos e faz parte do zooplâncton. O seu corpo é formado por 95 a 99% de água e é constituído por um saco aberto para o exterior, com coroas de tentáculos que contém células urticantes. A toxina presente nos tentáculos é utilizada para imobilizar pequenos peixes, dos quais se alimenta.

 

publicado por Hirundo às 00:00

17
Ago 10

Árvore-do-incenso - árvore ou arbusto perene, de folhas verde-escuras e flores brancas, de odor agradável e intenso. É uma árvore de crescimento muito rápido, colonizando rapidamente áreas desflorestadas, transformando-se numa praga nas regiões onde foi introduzida.

publicado por Hirundo às 00:00

16
Ago 10

Macaco narigudo - animal sociável e pacífico, com uma característica estranha: o macho tem um nariz grande e saliente. A fêmea e os filhotes têm o nariz pequeno e arrebitado. Vive em bandos nos mangues de Bornéu, ao longo dos rios ou em florestas pantanosas e alimenta-se de folhas tenras.


publicado por Hirundo às 00:00

15
Ago 10

Pau-branco - árvore endémica dos Açores que se desenvolve em meio florestal. Pode atingir os oito metros de altura e apresenta folhas lanceoladas a ovaladas, flores brancas e futos de tom azulado escuro. A sua madeira é usada na construção de móveis.

publicado por Hirundo às 00:00

14
Ago 10

Conteira - planta ornamental originária do Himalaia, possui folhas verdes brilhantes e flores amarelas e alaranjadas, que crescem em botões em forma de espigas. Apesar da sua beleza, é considerada uma praga no arquipélago dos Açores, por se propagar muito depressa, sendo uma ameaça para as espécies endémicas.

publicado por Hirundo às 00:00

13
Ago 10

Angélica - planta endémica dos Açores. Apenas aparece nas ilhas de S. Miguel, Terceira, Pico e Flores. É típica das margens de zonas montanhosas com canais de água e zonas ligeiramente declivosas.

publicado por Hirundo às 00:00

12
Ago 10

Patalugo maior - planta endémica dos Açores. Pode ser encontrada nas ilhas de São Miguel, São Jorge, Terceira, Pico, Faial e Flores. Serve de alimento ao priolo, uma ave que corre risco de extinção.

publicado por Hirundo às 00:00

11
Ago 10

Trovisco-macho - planta endémica dos Açores, de ramos robustos, folhas lisas e flores azuladas. Apresenta-se em locais abrigados e permanentemente húmidos, ribeiras e crateras ou no meio da floresta de loureiros e cedros.

publicado por Hirundo às 00:00

10
Ago 10

Uva da serra - arbusto endémico dos Açores, característico de solos ácidos. Os seus frutos, pseudo-bagas de cor azulada, semelhantes aos mirtilos, são comestíveis.

publicado por Hirundo às 00:00

09
Ago 10

Abibe-comum - ave com 28 a 31 cm de comprimento, de plumagem preta e branca, com tonalidades esverdeadas e púrpura. Encontra-se geralmente em zonas húmidas, campos de cultivo e de pastagens. Alimenta-se de insectos e minhocas.

publicado por Hirundo às 00:00

08
Ago 10

Folhado - arbusto lenhoso de caule erecto e copa arredondada. As folhas são perenes, opostas, verde-escuras, brilhantes, com margens onduladas; as flores são brancas ou rosadas, cerosas, muito perfumadas e produzem uma densa cimeira no inverno. O fruto é uma drupa de forma oval, de cor azul escuro a preto, não podendo ser ingerido devido à sua toxicidade.

publicado por Hirundo às 00:00

07
Ago 10

Morrião azul - planta vivaz herbácea ou lenhosa, de folhas opostas. Vive em locais secos e descampados e nas dunas interiores fixas, onde é abundante. A flor pode ser azul, branca ou alaranjada.

publicado por Hirundo às 00:00

06
Ago 10

Morganheira-das-praias - planta vivaz, erecta, de hastes relativamente duras e raízes penetrantes. As folhas são espessas, duras e encontram-se reunidas nas extremidades das hastes. As flores estão envolvidas por um invólucro de cinco peças semelhantes a brácteas, de quatro glandes semelhantes a quartos de lua. Produz um líquido lactoso branco, irritante para a pele, olhos e mucosas. É característica de dunas primárias, podendo ocorrer nas faces exteriores de dunas móveis.


publicado por Hirundo às 00:00

05
Ago 10

Garajau-rosado - ave marinha migradora, aparentada com a gaivota, mas mais pequena e graciosa. A parte superior do seu corpo é cinzenta, mas tão clara, que em voo e à distância parece branca. Os adultos têm uma mancha preta na cabeça e uma tonalidade rosada no peito. O bico é negro no início da época de reprodução, mas após a eclosão das crias, a sua base torna-se vermelha. A cauda é branca e bifurcada.

publicado por Hirundo às 00:00

04
Ago 10

Vidália - pequena planta arbustiva, endémica dos Açores. Tem o seu habitat nas escarpas rochosas do litoral. As suas flores são campanuladas, de cor rosada. Começa a florir em Julho e a floração estende-se até Setembro.

publicado por Hirundo às 00:00

03
Ago 10

Cagarro - ave marinha pelágica muito comum nos Açores. A sua coloração é escura na parte superior e clara na inferior. De asas compridas, castanho-acinzentadas, desloca-se em voo planado durante grandes distâncias sem esforço. O bico é amarelo, forte, com marcas escuras e as patas são curtas e rosadas. Alimenta-se de peixes, crustáceos e lulas.

O seu canto peculiar é parecido com o choro humano.

O grande declínio que as suas populações mundiais registaram nas últimas décadas levam a considerar esta espécie como vulnerável.

publicado por Hirundo às 00:00

02
Ago 10

Ginja-do-mato - arbusto ou pequena árvore, que pode atingir entre 3 e 15 metros. A sua casca é castanho escura, as folhas alternadas, ovais, de cor verde escura, semelhantes às folhas do loureiro. As flores são pequenas e o fruto é uma pequena cereja (drupa) ovóide.

É uma espécie rara na natureza, ocorrendo essencialmente ao longo de riachos e ribeiros de montanha.

publicado por Hirundo às 00:00

01
Ago 10

Ténis de mesa - também conhecido como ping pong, é um desporto em que dois ou quatro jogadores lançam uma pequena bola (com a ajuda de raquetes) um ao outro (ou uns aos outros). Este jogo é feito sobre uma mesa dura, dividida por uma rede. A bola apenas deve saltar uma vez no lado do jogador que a recebe, o qual lhe deve dar uma pancada para que salte na mesa do lado oposto ao seu, sem tocar na rede.

publicado por Hirundo às 00:00

Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





free counters
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO