Um blog que é uma espécie de dicionário do que gosto ou é importante para mim.

origem
30
Abr 11

Igreja da Graça - situada no Largo da Graça, em Lisboa, junto a um miradouro com vista sobre a cidade e o rio.  Ficou quase totalmente destruída com o terramoto de 1755, pelo que o actual edifício, de estilo barroco, remonta ao século XVIII. No seu interior podemos apreciar esculturas e azulejos dos séculos XVI e XVII.

publicado por Hirundo às 00:00

29
Abr 11

Bico-de-lacre - ave granívora muito pequena. As suas principais características são o bico grosso e a máscara na face, ambos de cor vermelha. A plumagem é acastanhada nas partes superiores e nas asas e o ventre é avermelhado. É frequente encontrá-la em zonas de baixa altitude, principalmente junto a zonas húmidas, caniçais e silvados.

 

publicado por Hirundo às 00:00

28
Abr 11

Jersey - ilha no Canal da Mancha que, juntamente com Guernsey, forma as Ilhas do Canal. É uma dependência da coroa Britânica, mas não faz parte do Reino Unido: deposita autoridade num misto de governador, presidente de câmara e xerife, chamado bailio. 

publicado por Hirundo às 00:00

27
Abr 11

Nazaré - vila portuguesa, no distrito de Leiria, que aglutina três antigos povoados: Pederneira, Sítio da Nazaré e Praia da Nazaré. É sede de um pequeno município, rodeado a norte, leste e sul pelo município de Alcobaça, confinando a oeste com o litoral do Oceano Atlântico.

A Pederneira, actualmente um dos bairros da vila da Nazaré, mantém ainda o edifício dos antigos Paços do Concelho, a Igreja Matriz de Nossa Senhora das Areias, a igreja da Misericórdia e o pelourinho, como testemunhos da sua antiga condição de vila sede de concelho.

publicado por Hirundo às 00:00

26
Abr 11

Faisão-do-nepal - ave galiforme, considerada a ave-símbolo do Nepal, apresenta um acentuado dimorfismo sexual: a plumagem dos machos adultos é totalmente multicolorida. A das fêmeas é castanha, com penas brancas no pescoço e uma coloração azulada na região periocular. Os machos possuem ainda uma grande crista verde-metálica. Alimenta-se de plantas, raízes e tubérculos, bem como de invertebrados. Possui tolerância à neve, sendo observada a escavar nela para procurar alimento.

publicado por Hirundo às 00:00

25
Abr 11

Bandolim - instrumento musical da família dos cordofones. Possui quatro pares de cordas, afinadas da mesma forma que o violino. Tem forma de pêra e as costas podem ser abauladas ou direitas.

publicado por Hirundo às 00:00

24
Abr 11

Museu do Chiado - situado no centro histórico da cidade de Lisboa, foi fundado em 1911 como Museu Nacional de Arte Contemporânea e inteiramente reconstruído em 1994. Do seu espólio faz parte a colecção de arte portuguesa de pintura, escultura, desenho e vídeo, desde 1850 até à actualidade.

 

publicado por Hirundo às 00:00

23
Abr 11

Rio Erges - nasce na serra da Gata, em Espanha, faz fronteira entre Portugal e Espanha durante cerca de 50 Km, nas zonas de Monfortinho, Salvaterra do Extremo e Segura e vai desaguar no rio Tejo, a cerca de 12 km a jusante de Alcántara.

publicado por Hirundo às 00:00

22
Abr 11

Freixo-europeu - árvore de porte médio, de casca lisa, cinzenta clara, que escurece e greta profundamente ao envelhecer. As flores são em cachos pendentes, aparecem antes das folhas e abrem-se no princípio do Verão. É uma árvore que proporciona excelente madeira, boa comida para o gado e cuja casca e folhas são usadas na medicina popular.



publicado por Hirundo às 00:00

21
Abr 11

Museu da Cidade de Lisboa - instalado nas dependências e jardins do Palácio Pimenta, no Campo Grande, apresenta em exposição permanente a história da cidade de Lisboa, desde os tempos pré-históricos até aos nossos dias. O seu espólio é constituído por pinturas, desenhos, maquetas, azulejos e documentos históricos.


publicado por Hirundo às 00:00

20
Abr 11

Parque Natural de Montesinho - situado no Nordeste de Portugal, foi criado em 1979 e engloba a área das serras de Montesinho e Coroa, sendo uma das maiores zonas protegidas de Portugal. Caracteriza-se por uma sucessão de elevações arredondadas, separadas por vales profundamente encaixados. É uma região povoada desde há milénios, mas conserva vestígios arqueológicos em muitas das suas aldeias.


publicado por Hirundo às 00:00

19
Abr 11

Hiena - mamífero carnívoro de médio a grande porte. A suas orelhas são bastante grandes e podem terminar em bico ou ser arredondadas. As patas traseiras são mais curtas que as patas da frente, o que lhe dá um aspecto assimétrico. É uma excelente caçadora, no entanto, uma parte da sua alimentação é à base de carcaças que encontra ou rouba a outros carnívoros. É um animal gregário, de hábitos nocturnos, embora por vezes esteja activa durante o dia. Emite um som parecido com o de uma gargalhada.



publicado por Hirundo às 00:00

18
Abr 11

Zebu - mamífero ruminante, semelhante ao boi, originário da Índia. O seu pêlo é curto, normalmente de cor clara, variando entre o branco e o acastanhado, as orelhas caídas e os chifres pequenos. As sua principais características são a corcova que tem sobre os ombros e uma grande papada no pescoço.



publicado por Hirundo às 00:00

17
Abr 11

Quincaju - pequeno mamífero arborícola. A sua cabeça é arredondada, o focinho curto e as orelhas pequenas. O pêlo é macio, de cor acastanhada ou amarelada e tem uma longa cauda preênsil. Vive no México e no Sudeste do Brasil e alimenta-se de frutos, insectos e néctar de flores. 


publicado por Hirundo às 00:00

16
Abr 11

Narceja-comum - pequena ave limícola, de bico longo e direito, plumagem castanha com riscas claras na cabeça e no corpo e patas compridas. Quando levanta voo emite um grito de alarme característico, repetido duas ou três vezes. Pode ser vista em pauis, campos de cultivo, pastagens alagadas e nas margens de lagoas costeiras, ribeiras e rios. Alimenta-se de larvas de insectos, minhocas, crustáceos, gastrópodes e aranhas.


 

publicado por Hirundo às 00:00

15
Abr 11

Ipê amarelo - árvore nativa do Brasil, de copa alongada e alargada na base, de ramos grossos, tortuosos e compridos e raízes de sustentação e absorção vigorosas e profundas. É uma espécie adaptada ao crescimento em ambiente aberto ou exposto à luz directa, sendo muito utilizada na arborização de ruas em algumas cidades brasileiras. A exuberância das suas flores atrai abelhas e pássaros, principalmente beija-flores que são importantes agentes polinizadores.


publicado por Hirundo às 00:00

14
Abr 11

Uacari-branco - primata de pelagem longa e lisa e de cor alaranjada ou acinzentada, formando uma espécie de barba por baixo do queixo. A sua cara não tem pêlos e é avermelhada. Vive na parte superior das árvores mais altas e só desce para os ramos mais baixos e grossos para se alimentar de frutos, sementes, néctar, rebentos e folhas. Tem hábitos diurnos e gregários, vivendo em bandos de quinze a vinte indivíduos. Habita uma zona específica da Amazónia, ao norte do rio Solimões e encontra-se ameaçado de extinção.




publicado por Hirundo às 00:00

13
Abr 11

Toupeira-dourada - pertence a uma família de pequenos mamíferos nativos de África. Vive em subterrâneos e álimenta-se de insectos e minhocas, tal como as verdadeiras toupeiras, no entanto não é parente próxima delas, nem das toupeiras marsupiais, apesar de serem bastante semelhantes. Passa quase todo o tempo a cavar túneis à procura de comida. 

publicado por Hirundo às 00:00

12
Abr 11

Castelo de Silves - situado na cidade com o mesmo nome, é o maior castelo da região algarvia.


publicado por Hirundo às 00:00

11
Abr 11

Igreja Matriz de São João Baptista - é a principal igreja da cidade de Vila do Conde. Foi edificada no século XVI e apresenta elementos da arquitectura gótica e renascentista. As janelas possuem vitrais modernos datados de 1909 e executados em Paris.

Junto à igreja funciona o Museu da Confraria do Santíssimo, onde se pode apreciar a custódia que pertenceu ao Convento de Santa Clara da cidade.


publicado por Hirundo às 00:00

10
Abr 11

Grândola - vila alentejana, situada no distrito de Setúbal, tendo como limites Alcácer do Sal a norte, Santiago do Cacém a sul, Ferreira do Alentejo a leste e o oceano Atlântico a oeste. Tornou-se muito conhecida depois do 25 de Abril de 1974, devido à canção "Grândola Vila Morena", de Zeca Afonso, que foi uma das senhas da Revolução dos Cravos.

publicado por Hirundo às 00:00

09
Abr 11

Kumquat - fruto comestível oval, de cor amarela, pouco maior que um ovo de codorniz. O seu sabor é adocicado e ácido, podendo comer-se com a casca. É utilizado na confecção de doces e compotas e em produtos cosméticos e de beleza.


publicado por Hirundo às 00:00

08
Abr 11

Acácia - árvore leguminosa de madeira dura. As suas flores são brancas ou amarelas e possuem um aroma agradável. Existe um grande número de variedades de acácias, sendo uma árvore que está presente em todos os continentes. Algumas espécies de acácia são invasoras, mas outras encontram-se em vias de extinção.


publicado por Hirundo às 00:00

07
Abr 11

Beringela - fruto originário da Índia, de cor roxa ou avermelhada, é muito rico em vitaminas, proteínas, minerais e alcalóides. É consumida cozida, assada, frita ou grelhada, sendo muito eficaz no tratamento do colesterol, da artrite, da gota e do reumatismo, entre outros.


publicado por Hirundo às 00:00

06
Abr 11

Macaco-japonês - macaco endémico do sul do Japão, de focinho vermelho, sem pêlos, traseiro também vermelho e cauda curta. O pêlo do corpo é cinzento, comprido, espesso e tem duas camadas isolantes, que lhe permitem passar os meses de Inverno na neve.  Alimenta-se de folhas e frutos no Verão e de rebentos e casca de árvores no Inverno. Vive em colónias numerosas e bem organizadas, refugiando-se em grutas na época mais fria, onde dorme encostado a outros macacos para se aquecer.


publicado por Hirundo às 00:00

05
Abr 11

Tubarão-baleia - é o maior peixe do mundo. A sua pele é de cor escura, com pintas brancas por todo o corpo. Alimenta-se principalmente de plâncton. É completamente inofensivo para o ser humano e pode ser avistado perto da superfície em todos os mares temperados quentes e tropicais, excepto no Mediterrâneo.




publicado por Hirundo às 00:00

04
Abr 11

Bufo-pequeno - ave de rapina nocturna, de tamanho médio, plumagem castanha arruivada, olhos cor-de-laranja avermelhados e dois tufos de penas, semelhantes a duas orelhas, que ficam espetadas quando está atenta ou assustada. É uma ave bastante silenciosa, de voo lento, sendo bastante difícil de observar. Encontra-se de norte a sul de Portugal, frequentando sobretudo zonas arborizadas com clareiras e bosques abertos durante a época de nidificação.


publicado por Hirundo às 00:00

03
Abr 11

Peixe-morcego - peixe de corpo achatado, formato triangular, cor arenosa ou pardacenta e manchas escuras na parte superior do corpo. Alimenta-se de pequenos crustáceos e peixes, que atrai com o chifre que tem no focinho. É comum na costa brasileira, vivendo habitualmente no fundo do mar, camuflando-se na areia, no lodo ou entre rochas e corais.          

publicado por Hirundo às 00:00

02
Abr 11

Garça-boieira - ave de plumagem branca, bico e pernas amarelo acinzentadas, tornando-se laranja rosado na época de reprodução. Vive habitualmente em espaços secos, podendo no entanto ser encontrada nas margens de lagos e pântanos. É frequentemente avistada em pastagens, no meio do gado. Alimenta-se essencialmente de insectos e pequenos vertebrados. Nidifica em colónias que podem ser muito numerosas, em árvores ou arbustos, próximo de lagos e rios. Ambos os progenitores colaboram na construção do ninho, sendo a fêmea quem se encarrega da construção propriamente dita, enquanto o macho recolhe o material para a construção. A incubação dos ovos é feita alternadamente por ambos.         


publicado por Hirundo às 00:00

01
Abr 11

Monstro-de-gila - lagarto venenoso de coloração preta e rosada, com cerca de 60 cm de comprimento. Pode ser encontrado em zonas desérticas do sudoeste da América do Norte. Tem hábitos nocturnos e alimenta-se de aves, roedores, ovos e outros lagartos. Hiberna durante os meses mais frios. É um animal gregário: vive em bandos organizados hierarquicamente, havendo sempre um macho dominante. Só morde para se defender e afastar possíveis invasores e só ataca animais maiores do que ele quando se sente ameaçado ou quando está ferido. No entanto, sempre que morde inocula veneno, de efeitos imediatos e muito dolorosos, apesar de não necessariamente fatais.


publicado por Hirundo às 00:00

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





free counters
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO